Procure aqui a sua receita

Pesquisar

Formulário de pesquisa

Partilhe a sua receita! Saiba como aqui

Receba a Newsletter!

Votação

Quando é que cozinha mais?

Top chefs

292 Pontos
209 Pontos
53 Pontos
48 Pontos

Pergunte aos Chefs!

Tem alguma dúvida e gostaria de saber a resposta de um Chef d’ “As minhas receitas”, deixe aqui a sua pergunta!

Está aqui

 

Crudivorismo como alimentação alternativa

Licença: 
CC Attribution 2.0

O hábito de incluir alimentos crus na dieta diária está a ganhar adeptos um pouco por todo o mundo e o crudivorismo está aí para dar azos a quem deseje fazer uma dieta exclusivamente à base de alimentos crus. Há muito mais numa dieta crua do que frutas e hortaliças frescas, nozes ou sementes. Alimentos geminados, como rebentos de soja, fornecem mais nutrientes que qualquer outro alimento. Alimentos desidratados oferecem a oportunidade de desfrutar de pães, biscoitos e até mesmo pizza.

O que é o crudivorismo

Se o vegetarianismo apenas nos impõe restrições a nível de consumo de carne, há quem vá mais além e imponha restrições mesmo ao nível dos legumes e frutas que consome. É o caso do crudivorismo, que consiste apenas em consumir alimentos de origem vegetal crus, consumidos em estado natural sem qualquer tipo de cozedura.
Uma outra corrente crudivorista, aceita que sejam inseridos alimentos de origem animal na alimentação, como é o caso do peixe. No entanto, o verdadeiro crudivorista é o que consome somente alimentos de origem vegetal crus.

As regras e razões do crudívorismo:

As regras do crudívorismo são simples:

  • Comer apenas o que nasce na natureza;
  • Consumir os alimentos como a natureza nos oferece, sem processar através da cozedura;
  • Comer, sempre que possível, alimentos de origem biológica, isentos de químicos;
  • Comer somente aquilo que temos vontade, na quantidade que o corpo pede e quando sentimos fome.

Segundo os seguidores do crudívorismo as razões pelas quais o alimento cozinhado não é aceitável são lógicas:

  • Ao cozinhar os alimentos destroem-se todas as propriedades nutritivas, como as enzimas, minerais, vitaminas. Os minerais, que num estado orgânico são assimiláveis pelo corpo humano, depois de cozidos são de difícil aproveitamento;
  • Os alimentos cozinhados não são bem assimilados pelo organismo que os entende como invasores e liberta leucócitos para os combater, como se tratando de uma epidemia
  • O corpo humano está preparado para digerir melhor os alimentos crus.

Erros comuns no regime crudívoro

As regras rígidas de quem segue este regime alimentar leva a que muitos dos seus seguidores, por vezes, tenham sérios problemas de saúde, motivados pela falta de nutrientes. Em qualquer regime é preciso ter sempre muita atenção para não cair em erros que podem prejudicar gravemente a saúde:

  • O corpo humano precisa de vitaminas, proteínas, fibras e outros nutrientes e nem sempre é fácil escolher os alimentos certos que contenham as propriedades certas. Se está com ideias de iniciar-se no regime crudívoro faça uma lista de alimentos que pode consumir, e tenha atenção aos nutrientes, para que consiga ter uma alimentação rica e variada.
  • A gordura é muito importante para a saúde. Certifique-se que consome alimentos crus, ricos em gordura.
  • A alimentação deve ser a mais variada possível. Os crudívoros devem consumir o maior número possível de alimentos. Mais uma vez, deve-se experimentar o alimento cru antes que decida de vez eliminar os cozinhados. Nem sempre o sabor é agradável, e a vontade de aderir a um regime desta natureza pode esvanecer-se rapidamente.

Ouça o seu corpo

Qualquer que seja o regime alimentar é necessário acompanhar as necessidades do corpo. Se resolveu tornar-se crudivoro, não seja radical. Siga um plano bem montado (por exemplo, vá eliminado os alimentos aos poucos, de forma a que o seu corpo se ajuste ao regime alimentar proposto. A partir do momento em que se torne crudívoro escreva um diário do seu consumo alimentar, e das alterações que sente a nível físico e a nível emocional. Assim, poderá saber com exactidão se o regime alimentar será ou não o mais correcto para si.

O que precisa para se tornar crudivorista

Para que a alimentação não se torne repetitiva, pode transformar os alimentos e misturá-los. O ideal é ter um processador de alimentos, tipo liquidificador. Poderá fazer sopas, patés, sumos. Confira algumas receitas que poderá fazer, seguindo os princípios do crudivorismo.

Torta Tropical

Massa

20 g de castanhas cruas

15 g de tâmaras

1 col. (sopa) de mel

Recheio

1 manga

folhas de erva cidreira 

Carambola

Goiaba

Kiwi 

Triture as castanhas com as tâmaras. Misture com o mel. Forre uma forma vazada com aro de 6 a 8 cm de diâmetro. Reserve.

Para o recheio, bata no liquidificador 1 manga com folhas de erva-cidreira até ficar em creme. Recheie a massa, desenforme e decore com frutas fatias de carambola, goiaba e kiwi.

Sumo Verde

1 xícara de água

2 maçãs médias

1 pé de couve 

1 limão com casca (sem os caroços)

Corte e passe no liquidificador todos os ingredientes. Depois de bem passado, passe na peneira e sirva.

Hamburger com  Cogumelos

Passe no liquidificador  ½ quilo de nozes e acrescente os seguintes ingredientes:

½ quilo de cenoura

1 cebola média

1 a 2 colheres de sopa de pimenta ou noz moscada

1 colher de sopa de adoçante (melado, banana bem madura ou passas)

1 colher de sopa de óleo

sal marinho a gosto

2 a 3 colheres de levedo (opcional)

Se a mistura não ficar firme o bastante, acrescente 1 ou 2 dos seguintes ingredientes: alho em pó, cebola em pó, flocos de salsa seca, levedo, farinha de linhaça.

Forme porções em forma de hambúrguer. Corte em rodelas 2 grandes tomates maduros e 1 cebola grande. 

Para formar os hambúrgueres de cogumelos:

10 pequenos ou 5 grandes cogumelos abertos ao meio. 

10 folhas de espinafre fresco

Forme os hamburgers da seguinte forma: coloque uma parte do cogumelo num prato, coloque as folhas de espinafre, a mistura em cima, depois uma fatia de tomate e por último uma fatia de cebola.

Receita básica de bolo

Massa:

Combine os seguintes ingredientes e misture bem:

1 xícara de nozes, sementes ou grãos passados no processador

1 colher de sopa de óleo

1 colher de sopa de mel

Opcional: 

½ xícara de frutas frescas amassadas ou ½ xícara de frutas secas de molho por 1 a 2 horas e passadas no liquidificador. 

1 colher de chá de baunilha

½ colher de chá de noz moscada

½ xícara de alfarroba em pó

casca de 2 tangerinas passadas no processador

Se a mistura não ficar firme o bastante, adicione coco ralado. Forme uma crosta num prato raso.

Cobertura: 

Passe no liquidificador os seguintes ingredientes; adicione água com uma colher de chá se necessário:

½ chávena de frutas frescas ou congeladas

½ chávena de nozes

½ chávena de azeite de oliva

2 a 3 colheres de sopa de mel

sumo de 1 limão médio

1 colher de chá de baunilha

Espalhe a cobertura sobre a massa. Decore com frutas, cerejas e nozes frescas ou secas.

Leite de nozes ou de sementes

1 chávena de nozes ou qualquer tipo de sementes, de molho durante a noite.

2 chávena de água filtrada

3 tâmaras

¼ de colher de chá de sal marinho (opcional)

Passe todos os ingredientes no liquidificador até ficar um creme.

Coloque a mistura num coador de pano e esprema para retirar o leite.

Imitação de chocolate

¼ chávena de leite de amêndoas

½ chávena de tâmaras

1 coco verde (carne e água)

2 colheres de sopa de alfarroba em pó

Passe no liquidificador . Sirva gelado. 

Imitação de Esparguete

Passe na parte larga do ralo pedaços de abóbora para ficarem em forma de esparguete Polvilhe com páprica e óleo antes de servir.

Molho de tomate com manjericão:

Passe no liquidificador 2 tomates.

Adicione os seguintes ingredientes e ligue novamente o liquidificador.

2 a 4 dentes de alho

3/4 de xícara de manjericão fresco

suco de um limão

2 colheres de sopa de azeite de oliva

4 tâmaras(ou algumas passas)

1 xícara de tomates secos

Patê

1/2 xícara de nozes

2 xícaras de sementes de girassol de molho durante a noite

3 dentes de alho

1 copo de salsão cortadinho

1 colher de chá de sal

1/2 xícara de suco de limão

1 colher de sopa de manjericão seco

Passe os ingredientes no processador até ficar macio. Sirva com biscoitos, em folhas de repolho ou como recheio de pimentão.

Classifique este artigo: 

Comentários (2)

Retrato de Anónimo
Retrato de Anónimo
Enviado por Gilvan em
Gostei do site e gostaria de receber mais informações sobre comida viva e receitas.Obrigado
Retrato de Anónimo
Enviado por Glaci em
Adorei as receitas, quero maiiis!