Procure aqui a sua receita

Pesquisar

Formulário de pesquisa

Partilhe a sua receita! Saiba como aqui

Receba a Newsletter!

Votação

Tem Bimby?

Top chefs

292 Pontos
227 Pontos
85 Pontos
53 Pontos

Pergunte aos Chefs!

Tem alguma dúvida e gostaria de saber a resposta de um Chef d’ “As minhas receitas”, deixe aqui a sua pergunta!

Está aqui

 

Azeite: ingrediente de excelência na cozinha

Colher de azeite

Ingrediente de excelência na cozinha mediterrânica, mas não só, o azeite é um alimento líquido produzido a partir das azeitonas, com uma história rica e deliciosa. Com um aroma, paladar e textura única, o azeite é versátil e benéfico para a saúde – não é por isso de estranhar que é um ingrediente de excelência em cozinhas de todo o mundo.

História do azeite

Embora não se conheça a sua origem precisa, sabe-se que o azeite começou a circular pelo mundo há mais de seis mil anos – tendo proveniência na Síria, Líbano ou Israel. Acredita-se que foram os fenícios, os sírios e os arménios os povos responsáveis pela sua disseminação no Mediterrâneo Oriente pelo menos três mil anos antes de Cristo. O que se sabe com toda a certeza é que o azeite era amplamente utilizado pelas mais diversas civilizações antigas, para os mais diversos fins: como ingrediente culinário, como bálsamo, medicamento, perfume, lubrificante de alfaias, impermeabilizante de tecidos e combustível para iluminação. Hoje, o azeite é ingrediente imprescindível na cozinha mediterrânica, mas também se tornou popular em países como Brasil, Chile, Argentina, México, África do Sul, Austrália, Estados Unidos da América e Japão.

O azeite faz bem à saúde

Considerada uma das melhores e mais saudáveis gorduras, o azeite sabe bem e faz bem. Rico em ácidos gordos monoinsaturados e pobre em ácidos gordos saturados, o azeite é ainda fonte de antioxidantes, caroteno, polifenóis e vitamina E. Esta composição única faz com que o azeite seja uma bênção para a saúde: ajuda a manter os níveis de colesterol baixos; combate gastrites e úlceras; estimula o funcionamento dos intestinos e da vesícula; incentiva o crescimento e mineralização dos ossos, facilitando ainda a absorção do cálcio; combate as doenças cardiovasculares; é um poderoso aliado contra o envelhecimento; estimula as funções cerebrais; e é benéfico para a pele.

Sabor e aroma inconfundíveis

De aspeto dourado ou esverdeado, o azeite tem um sabor e aroma inconfundíveis, fruto dos mais diversos fatores: tipo de azeitona utilizada, a sua origem (solo, clima), estado de maturação da azeitona, método de apanha da azeitona, condições de transporte e armazenamento (a azeitona é um fruto muito delicado), tempo de espera para o processamento da azeitona, processo de fabrico, embalamento do azeite. Na cozinha as suas utilizações são variadas e deliciosas – daí o azeite ser muitas vezes denominado de “ouro em estado líquido”. Para garantir o seu aroma, sabor, textura e cor inalteráveis durante mais tempo, o azeite deve ser guardado num local fresco e escuro, longe da exposição solar direta, de fontes de calor e de alimentos ou outros produtos com aromas intensos.

Tipos de azeite

Apesar de abundarem no mercado azeite biológico, reservas especiais, edições gourmet ou com sabores vários, existem 4 principais tipos de azeite:

  • Azeite Virgem Extra – acidez inferior ou igual a 0.8%
  • Azeite Virgem – acidez inferior ou igual a 2%
  • Azeite – acidez inferior ou igual a 1%, contém azeite refinado e azeite virgem
  • Azeite refinado – acidez inferior ou igual a 0.5%, o processo de refinação remove a acidez do azeite, mas também os seus valores nutricionais

Sabia que?

  • A palavra “azeite” vem da palavra árabe “az-zait” que significa “sumo de azeitona”?
  • Durante séculos, a oliveira foi considerada uma árvore sagrada, simbolizando paz, progresso, vitória, prosperidade, justiça, sabedoria e fertilidade?
  • Na Bíblia o azeite surge como um símbolo da presença do Espírito Santo?
  • Os egípcios utilizavam azeite para facilitar o transporte das pedras gigantescas utilizadas para construir as pirâmides?
  • Na antiga civilização grega, as mulheres que queriam engravidar passavam muito tempo debaixo das oliveiras?
  • Uma oliveira pode viver entre 300 e 600 anos, chegando algumas espécies aos 1000 anos?
  • Uma oliveira produz aproximadamente 15 a 20 quilos de azeitonas todos os anos, uma quantidade que pode ser transformada em 3 ou 4 litros de azeite?
  • O azeite verde resulta da prensagem de azeitonas que ainda estão verdes, ou seja, por amadurecer?
  • O azeite dourado resulta da prensagem de azeitonas maduras?
  • Bem conservado, o azeite pode durar até 18 meses?
  • O azeite não deve ser sobreaquecido porque se começar a fumegar liberta substâncias e vapores tóxicos?
Classifique este artigo: