Procure aqui a sua receita

Pesquisar

Formulário de pesquisa

Partilhe a sua receita! Saiba como aqui

Receba a Newsletter!

Votação

Tem Bimby?

Top chefs

292 Pontos
227 Pontos
85 Pontos
53 Pontos

Pergunte aos Chefs!

Tem alguma dúvida e gostaria de saber a resposta de um Chef d’ “As minhas receitas”, deixe aqui a sua pergunta!

Está aqui

 

10 dicas para evitar o stress na cozinha durante o Natal

Cozinha durante o Natal

O Natal é sinónimo de uma cozinha aconchegante e aromática, pois é dela que saem as melhores delícias desta quadra, pratos que apenas degustamos uma vez por ano. Por outro lado, a azáfama da preparação e confeção para conseguir que tudo esteja delicioso e pronto a horas, pode deixar qualquer pessoa à beira de um ataque de nervos. Para que a cozinha não se torne no seu pior pesadelo este Natal, aceite as nossas sugestões.

  1. Planear com tempo. Isto significa começar a decidir qual vai ser o menu de Natal com a máxima antecedência possível, ou seja, torne esse processo agradável ao reservar uma tarde para folhear todas as suas revistas e livros de receitas para poder compor um menu de Natal verdadeiramente divinal. A partir daí, faça uma lista exaustiva de todos os ingredientes que vai necessitar, verifique o que tem e elabore uma lista do que não tem. Deixe-se inspirar pelos deliciosos aromas e sabores que vão sair da sua cozinha este Natal… 
  2. Comprar com tempo. Tão importante como um planeamento atempado, é a compra dos ingredientes com antecedência. Não deixe as compras dos alimentos de Natal para o último minuto, pois, arrisca-se a trazer para casa ingredientes menos frescos, mais caros ou até já não encontrar aquilo que procura.
  3. Esqueça as entradas. Para quem adora cozinhar e receber bem, isto pode parecer um pecado, mas é uma excelente dica se não quiser sentir-se sobrecarregado e stressado na cozinha. Como o almoço/jantar de Natal é sempre farto – sem esquecer as inúmeras sobremesas que vão encher a mesa mais tarde – ninguém dará falta das entradas. Se, mesmo assim, não conseguir resistir ou se tiver uma emergência, veja o ponto 5. 
  4. Opte por um estilo buffet. Embora as tradições de Natal se devam manter, nada diz que não se podem criar novas, neste caso, servir o almoço/jantar num estilo buffet. Coloque todas as travessas/panelas (se tiver um ou mais aquecedores de pratos para manter tudo quente, tanto melhor!) numa mesa de apoio ou aparador com amplo espaço de circulação, para os convidados se poderem levantar e servir sempre que desejarem. Assim, dará algum descanso ao cozinheiro, que também merece desfrutar da refeição!
  5. Que não falte pão & queijo! Quando se cozinha para muita gente numa época como o Natal, há sempre a preocupação de não se confecionar o suficiente e a verdade é que às vezes isso acontece. Por isso, previne-se e tenha uma mesa de apoio preparada com diferentes variedades de pão fresco e uma apetitosa tábua de queijos – ninguém passará fome! 
  6. Sobremesas: quem faz? Não há nada como os doces de Natal e não há nada como o trabalho e o tempo que a sua confeção implica. Por isso mesmo, e para diminuir os níveis de stress numa cozinha que já está a ferver, opte por um ou mais dos seguintes planos B: faça as sobremesas de véspera; peça a algum familiar/amigo para vir passar a tarde consigo e ajudar a confecionar as sobremesas; peça a algum familiar/amigo para confecionar e trazer determinada sobremesa; compre feito – porquê stressar com a confeção de um bolo-rei quando todos adoram aquele bolo-rei da pastelaria do bairro?
  7. Ponha a mesa de véspera. Pode parecer estranho, mas não é! Preparar a mesa de Natal de véspera não só irá poupar-lhe tempo precioso no dia seguinte – e que provavelmente vai necessitar na cozinha – como lhe permite dedicar-se um pouco mais à preparação e decoração da mesa de Natal, algo que todos irão apreciar, incluindo você.
  8. Peça ajuda. É óbvio que nenhuma boa cozinheira ou chef gosta de pedir ajuda na sua cozinha, mas se for para aliviar todo o stress que esta quadra pode trazer e tornar a confeção do almoço/jantar de Natal num verdadeiro convívio, porque não? Peça ajuda, delegue, ponha música de Natal a tocar, sirva um copo de vinho a todos e preparem uma bela refeição em tempo recorde, com zero stress.
  9. Responsável pelas bebidas. Como responsável pela comida, tem o direito de nomear um responsável pelas bebidas e assim aliviar a sua carga de trabalho, evitar o stress e concentrar-se na cozinha. Essa pessoa deve não só assegurar que todas as bebidas estão frescas/a temperatura ambiente (conforme a bebida), como repor cada garrafa à medida que esta for esvaziada.  
  10. Mais 60 minutos. Executar um almoço ou jantar de Natal requer tempo e, se quiser evitar todo e qualquer nível de stress, vai precisar de 60 minutos extra. Isto significa que se planeou iniciar os preparativos às 16h00, deve começar antes às 15h00, pois, nunca se sabe que contratempos podem surgir e, para além disso, precisa de tempo para relaxar, tomar um banho e preparar-se para receber os convidados em ambiente de festa!

Desejamos-lhe um Feliz Natal na sua cozinha este ano!

Classifique este artigo: 
Ocasiões especiais: