Procure aqui a sua receita

Pesquisar

Formulário de pesquisa

Partilhe a sua receita! Saiba como aqui

Receba a Newsletter!

Votação

Tem Bimby?

Top chefs

292 Pontos
227 Pontos
85 Pontos
53 Pontos

Pergunte aos Chefs!

Tem alguma dúvida e gostaria de saber a resposta de um Chef d’ “As minhas receitas”, deixe aqui a sua pergunta!

Está aqui

 

10 dicas para cozinhar como um chef de cozinha

A generalidade das pessoas admira os chefs de cozinha, as suas técnicas, as suas formas de inventar e reinventar pratos e sonha um dia conseguir preparar refeições com aquela facilidade e destreza. Para começar a tentar assemelhar-se a um chef de cozinha, existem alguns pontos-chave que não podem ser descurados. São eles:

1. Ler a receita toda e com atenção

Ir lendo a receita conforme se vai preparando a comida pode ser um grande erro, uma vez que podem ser efetuados passos desnecessários ou até capazes de comprometer a continuidade da receita, apenas porque não se fez uma leitura cuidada de todos os passos. Assim, quando se decide preparar um determinado prato, é necessário ler cada passo, analisar com atenção os pormenores e ir criando uma ordem cronológica na cabeça, de modo a ser mais fácil e até rápido prosseguir com a preparação do prato.

2. Preparar todos os ingredientes

Se vai ser necessário cortar cebola, descongelar bacalhau ou outra coisa qualquer que exija uma determinada preparação, o melhor é fazê-lo antecipadamente. Com os ingredientes já todos preparados da forma como serão necessários na receita, será muito mais simples realizar várias tarefas ao mesmo tempo e seguir a receita sem grandes transtornos.

3. Ter os utensílios e equipamentos necessários

Para cozinhar determinados pratos de carne e de peixe ou executar certos processos na cozinha, são necessários instrumentos e utensílios mais precisos e indicados para aquela atividade ou para aquele produto. Daí que, para ser um verdadeiro chef de cozinha, seja preciso saber para que servem as coisas e utilizá-las de modo adequado.

4. Investir em livros de cozinha

Porque ninguém nasce ensinado, para cozinhar como um verdadeiro chef, é bom adquirir livros daqueles que realmente sabem e onde se podem encontrar receitas e dicas imprescindíveis para cozinhar melhor e também para conhecer novos pratos e novas formas de fazer as mesmas coisas de sempre.

5. Pesquisar quando se tem dúvidas

Se não se tem bem a certeza se o forno se coloca a 180º ou a 200º naquela situação, se não sabe bem o que se coloca primeiro, ou se aquele processo está a ser muito complicado de fazer, o melhor é mesmo ir à internet, ligar à mãe, à avó ou a um amigo e perguntar. 

6. Manter a banca da cozinha sempre limpa e organizada

Não há nenhum bom chef no mundo que cozinhe enquanto tudo à sua volta está desarrumado e sujo, por isso, é importante ir arrumando aquilo que já não faz falta e ir também limpando a banca à medida que se for sujando, para que tudo esteja sempre impecável.

7. Saber escolher ingredientes de qualidade

Por muito que uma pessoa cozinhe bem, se trabalhar com produtos de má qualidade, vai acabar por preparar um prato igualmente mau. Não é a qualidade dos ingredientes que faz o prato, mas ajuda muito. Uma boa confeção só resulta numa refeição de excelência se os produtos forem de confiança e não forem demasiado fracos, de forma a comprometer sabores e texturas.

8. Provar constantemente o que se está a fazer

A regra número 1 de qualquer chef de cozinha é precisamente a de só servir um prato a um cliente que já tenha provado e saiba que está suficientemente bom para ser degustado. O maior erro de um chef amador é o de não provar de todo o prato ou de apenas provar no final, quando tudo já está concluído e não há muito a fazer senão acabar por deitar fora e começar de novo. Quando se prova a comida a cada passo da confeção, é mais simples detetar erros, corrigi-los e também ir percebendo se tudo está a correr de feição.

9. Saber combinar diferentes sabores, texturas e acidez

O mais importante num qualquer prato é a forma como está equilibrado. Se um ingrediente tiver preponderância sobre os outros, quando se pretendia um sabor harmonioso, o prato estará comprometido. O mesmo acontece se se juntarem produtos com texturas que não combinem ou se se executar um prato demasiado ácido, em vez de dar um toque de outro produto para cortar a acidez de outro.

10. Esmerar-se na apresentação

Como os olhos também comem, conforme diz o dito popular, é importante preparar algo que esteja bom de sabor mas que também pareça bom. Se, à partida, o prato tiver uma apresentação descuidada ou feia, as pessoas já vão partir do princípio que também não estará saboroso e será muito mais difícil convencê-las a provar. Se, por outro lado, a apresentação do prato já convida a experimentar, será muito mais simples agradar às pessoas com aquela refeição.

Classifique este artigo: